Iridologia

Descrição

A Iridologia consiste no estudo da íris que é a parte corada do olho, muito rica em filamentos nervosos, cada célula do estroma da íris contém 25.000 fibras nervosas que estão ligadas ao cérebro e sob o estroma da íris, dois grupos de músculos aparecem, um para dilatar a pupila e outro para contraí-la.

A pigmentação da íris ou cor dos olhos parece ter uma relação direta com certas doenças se comparadas a outras, por isso a cor dos olhos nos dão os tipos constitucionais. Estas cores podem ser normais ou mesmo assinalar intoxicações, anomalias genéticas e até outras perturbações.

A Iridologia

O exame íris possibilita entender e compreender um indivíduo, bem como detectar possíveis distúrbios orgânicos, metabólicas, nutricionais, nervosas, hormonais. A íris é um microssistema intimamente ligado a todo organismo, sistema nervoso, linfático, circulatório, respiratório, endócrino, digestório, urinário e reprodutor.

As perturbações do sistema nervoso provocadas pelo stress permanente ou stress oxidativo, são susceptíveis de modificar a estrutura da íris. O sistema nervoso e linfático altera de numerosas maneiras a estrutura da íris. A cor da íris se modifica e tornam-se ensombreadas pela quantidade de toxinas no organismo.

O microssistema da íris é preciso e destaca a constituição geral da pessoa, bem como, seu "órgão de choque", o que permite a indicação de tratamentos específicos que o organismo esteja precisando a fim de minimizar quaisquer distúrbios que venham atrapalhar qualidade de vida.

Conclusão

A Iridologia como técnica alternativa não se opõe a nenhum outro tratamento, porém é precisa na avaliação e prevenção da saúde, excelente ferramenta para quem deseja reforçar diagnóstico de determinado distúrbio energético ou físico a fim de reforçar a precisão do plano de tratamento.

Fisioterapeuta Evandro Luiz.